142

Policiais federais e mais quatro categorias que trabalham nas fronteiras passarão a receber adicional. Nesta quarta-feira, o presidente Michel Temer assinou decreto que prevê R$ 91 a mais no salário de agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal, além de auditores fiscais agropecuários e auditores do trabalho em missões fronteiriças.

O policial de fronteira trabalha em áreas inóspitas do país e pode, com isso (adicional no salário), fazer melhor o seu trabalho e combater melhor a criminalidade transnacional que aflige o nosso país — declarou o novo diretor da Polícia Federal, Fernando Segovia, após reunião com Temer no Planalto. Perguntado por jornalistas sobre as investigações a Temer por suposta propina em decreto de exploração de portos, Segovia não comentou.

O adicional de R$ 91 será pago a cada oito horas diárias trabalhadas, conforme decreto que deve ser publicado no Diário Oficial da União. Dos 15 mil servidores da Polícia Federal, cerca de dois mil trabalham em área de fronteira e serão contemplados com o acréscimo nos vencimentos. O valor não poderá ser acumulado com diárias em caso de viagens. Nesse caso, o governo pagará somente o maior valor entre os dois benefícios.

Fonte: OGLOBO

  •   SPS - Área Especial - Conjunto 4,
    Serviço Médico DIREF - CEP:70610-902
    Brasília - DF
  •   (61) 3445-2011
  •   (61) 3346-1023
  •   (61) 3346-4861
  • diref@diref.org.br

Localização