168

A Polícia Federal, juntamente com a SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai) e outras forças policiais, participou da primeira fase da Operação Nova aliança I, que consistiu em diversas ações ao longo de 12 dias, terminando em apreensões de cerca de 865 toneladas de maconha na região de Pedro Juan Cabalero, no Paraguai.

A operação Nova Aliança é uma ação da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai - SENAD/PY, que conta com apoio em inteligência, financeiro e logístico da Polícia Federal brasileira, através da Coordenação Geral de Polícia de Repressão a Drogas – CGPRE, da Diretoria de Combate ao Crime Organizado - DICOR, e do Oficialato de Ligação da Polícia Federal no Paraguai. A operação tem a previsão de acontecer a cada três meses, com o objetivo de erradicar plantações de maconha, onde também é comum encontrar grande quantidade da droga já prensada para venda.

No ano passado foram apreendidas cerca de 354 toneladas de maconha no Brasil, número histórico, enquanto que, em uma única ação como a realizada nessa primeira fase da Operação Nova Aliança I, foram destruídas quase 900 toneladas da droga, sendo que quatro toneladas já estavam prensadas para consumo e mais de 200 toneladas em folhas já picadas, além de pés de maconha erradicados.

A primeira fase da Operação Aliança I será retomada na semana que vem, com previsão de término para o dia 30/4.

Fonte: Divisão de Comunicação Social da Polícia Federa

  •   SPS - Área Especial - Conjunto 4,
    Serviço Médico DIREF - CEP:70610-902
    Brasília - DF
  •   (61) 3445-2011
  •   (61) 3346-1023
  •   (61) 3346-4861
  • diref@diref.org.br

Localização