image 16

 

Em prosseguimento à ação, foram realizadas novas diligências e localizados, dois depósitos, um em Petrolina/PE e outro em Parnamirim, próximo a Natal/RN. Foram encontradas mais de 2,6 toneladas, em Petrolina, escondidas em uma parede falsa, que teve de ser quebrada para a localização e retirada do entorpecente. Em Parnamirim, aproximadamente 1,4 tonelada de cocaína foi encontrada oculta no subsolo de um galpão.

Também no sábado (24/11), foram apreendidas, em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, aproximadamente sete toneladas de maconha e realizada a prisão de 19 pessoas. A droga estava em um galpão, perto da fronteira com o Paraguai. Os envolvidos transferiam a carga para um caminhão, no momento da prisão.

Na ação do Nordeste, deste fim de semana, foram apreendidas no total mais de 5,5 toneladas da droga, o que representa a segunda maior apreensão de cocaína realizada pela PF, em sua história. No ano de 2018, a PF atingiu o seu recorde histórico de apreensão de cocaína, superando as 60 toneladas da droga apreendidas até o momento. O recorde anterior havia sido em 2017, quando 48 toneladas da droga foram apreendidas pela PF no decorrer do ano.



Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal

  •   SPS - Área Especial - Conjunto 4,
    Serviço Médico DIREF - CEP:70610-902
    Brasília - DF
  •   (61) 3445-2011
  •   (61) 3346-1023
  •   (61) 3346-4861
  • diref@diref.org.br

Localização